Acordo entre o Governo e os camionistas – o texto da vergonha

A negociação e o diálogo social são atitudes que se devem cultivar a fim de que prevaleça a PAZ e a JUSTIÇA SOCIAIS.

Mas… ceder a chantagens é colocar em causa a autoridade do Estado. O que aconteceu foi uma inversão dos princípios de um Estado de Direito e um precedente de gravíssimas consequências para a PAZ SOCIAL.

A agravar esta situação, as negociações terminaram com um ACORDO que, no mínimo, é de ficar espantado, perplexo, envergonhado até…

Para que cada um faça o seu próprio juízo, deixo aqui o texto integral do FAMOSO ACORDO.

Chamo a vossa particular atenção para…

– alínea b) >> o estado vai aplicar coimas a quem não pagar no prazo de 30 dias ? ? ? ! ! ! !… Mas o que é isto?… Além de, como é óbvio, ter de pagar a dívida , ainda tem de pagar uma multa?… Como é isto possível? Pasme-se…

– alínea e) >> o Estado vai subsidiar o abate de veículos ? ? ? ! ! ! !… E não vai subsidiar o “abate” de empresas?!… Mas em que país estamos?…

– alínea h) >> os camionistas vão passar a entregar o IVA ao Estado no momento do recebimento ? ? ? ! ! ! !… E os restantes agentes económicos vão continuar a fazê-lo no momento da facturação?!

– alínea k) >> são considerados custos ou perdas do exercício, em valor correspondente a 120 por cento, os custos com os combustíveis ? ? ? ! ! ! !… E para os outros agentes económicos, a percentagem vai continuar na mesma?!…

Parece que apenas os camionistas são afectados pela crise…

Perante isto…. É PRECISO FAZER ALGUMA COISA… Aceitam-se sugestões!

.

Cartoon – Jeff Parker, Florida Today

.

Anúncios

Profissionalização em serviço

.

Está aberto até o próximo dia 20 de Junho o concurso para a profissionalização em serviço dos docentes dos estabelecimentos de ensino particular e cooperativo, incluindo escolas profissionais privadas.

Candidatura e informações na página da DGRHE.

.

Avaliação Externa das Escolas

Parecer n.º 5/2008, D.R. n.º 113, Série II de 2008-06-13 do Conselho Nacional de Educação sobre a avaliação externa das escolas.

Das muitas recomendaçãoes feitas no documento, destaco três:

  • A Lei nº31 / 2002, de 20 de Dezembro, aprova o Sistema de Avaliação da Educação e do Ensino não-Superior, mas do que se tem tratado é de reduzir essa avaliação às escolas ficando de fora a administração educativa. (…)
  • A avaliação interna/auto-avaliação tem de assumir uma particular centralidade e a sua articulação com a avaliação externa torna-se essencial.
  • Desaconselha-se, pelo menos nesta fase, qualquer ligação entre os resultados da avaliação das escolas e punições ou prémios dos seus agentes individuais, designadamente a quota de professores titulares e de atribuição dos escalões mais elevados na avaliação de professores.

Candidatura aos Programas de Formação em Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Experimentais

As candidaturas para os programas de formação em Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Experimentais, destinados aos professores do 1.º ciclo e aos docentes de Matemática do 2.º ciclo, estão abertas até ao dia 23 de Junho.

Os agrupamentos podem (DEVEM) candidatar-se aos três Programas de Formação, mas os docentes indicados por este não podem inscrever-se em mais do que dois Programas em simultâneo.

Edital da candidatura aos Programas de Formação

Regulamento

Para apresentar a candidatura aos Programas de Formação, clique aqui.

Para mais informações, consultar a página da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular.