O Presidente do Conselho de Escolas critica desvalorização dos professores e das escolas nas provas de aferição

O presidente do Conselho das Escolas, Álvaro Almeida Santos, rejeitou hoje as acusações de facilitismo na prova de aferição de Matemática do 6º ano, considerando que não está a ser valorizado o esforço feito por escolas e professores. Ler o artigo do Público>>

Concordo plenamente com esta opinião porque alguns, na ânsia de criticar tudo e todos, tecem afirmações que, implicitamente põem em causa o profissionalismo dos docentes deste país.

Melhoraram os resultados da Prova de Aferição? O mérito não foi dos trabalho e do esforço dos professores… não!… A “culpa” é do Ministério da Educação que fez umas provas muito fáceis, etc.. etc. Blá… Bá… Bá…

Tantos a escreverem e a dizerem NADA…! Que tédio! O Garfield é que tem razão!… Perante isto… só me apetece comer lasanha e dormir a sesta.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s