1º de Maio – Dia do Trabalhador e da Solidariedade

O 1º de Maio é celebrado mundialmente como o “Dia do Trabalhador”. Mas esta data tem uma história.

No 1º de Maio de 1886, milhares de trabalhadores de Chicago (Estados Unidos da América), tal como de muitas outras cidades americanas, foram para a rua, exigindo o horário de oito horas de trabalho por dia. No dia 4 de Maio, durante novas manifestações, uma explosão serviu de pretexto para a repressão brutal que se seguiu, que provocou mais de 100 mortes e a prisão de dezenas de operários.
Este acontecimento, que ficou conhecido como os “Mártires de Chicago”, tornou-se o símbolo e marco para uma luta que, a partir daí, se generalizou por todo o mundo.
LER MAIS


O 1º de Maio de 1886 em Chicago – O 1º Dia do Trabalhador em Portugal, depois do 25 de Abril de 1974 (a 2ª foto está no site da Fundação Mário Soares) – Os cartazes do 1º de Maio de 2008 das duas Centrais Sindicais
Anúncios

PROJECTO «MAIS SUCESSO ESCOLAR»

les-ecoliers-curieux-posters
IN https://www.allposters.co.uk/-sp/Les-Ecoliers-Curieux-Posters_i4007036_.htm

O Ministério da Educação (ME) lança um programa de apoio ao desenvolvimento de projectos de escola para a melhoria dos resultados escolares no ensino básico, com o objectivo de reduzir as taxas de retenção e de elevar a qualidade e o nível de sucesso dos alunos.

O Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) assegura a aferição da evolução das competências adquiridas e dos resultados dos alunos, através da realização de provas de aferição intercalares, enquanto a Inspecção-Geral da Educação (IGE) acompanha a execução do projecto, no âmbito das suas competências.

Para mais informações, consultar:

ALARGAMENTO DA ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA

Ilse Bing, Deux écoliers à l'Odéon, 1952, in http://saisdeprata-e-pixels.blogspot.com
Ilse Bing, Deux écoliers à l'Odéon, 1952, in http://saisdeprata-e-pixels.blogspot.com

Considero muito positivo o alargamento da escolaridade obrigatória para 12 anos e até aos 18 anos de idade para a frequência de instituições de ensino ou formação.

Esta proposta aplicar-se-á aos alunos que se matriculem no ano lectivo de 2009-2010, nos 1.º e 2.º ciclos ou no 7.º ano de escolaridade e consagra também a universalidade e gratuitidade da educação pré-escolar para crianças com 5 anos de idade bem como o alargamento da acção social escolar aos alunos do secundário.

Como medida estrutural que é, necessita da criação de condições que todos devemos assumir em parceria: governo (em percentagem maior) autarquias, escolas secundárias, instituições de formação, professores, pais e alunos. É tempo de pôr mãos à obra e impedir que os nossos jovens se tornem reféns das nossas contradições, da nossa visão pequena do mundo, do nosso egoísmo político-sindical, ….

Como alguém, de modo inflamado, disse: «comemorar o 25 de Abril é garantir a liberdade das gerações futuras…» Pois bem! É hora de traduzir a retórica em actos concretos. Vamos ver…

Ler mais>> nota_me

EDUCAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS

edsexaulO Diário da República de hoje publicou o Parecer 2/2009 do Conselho Nacional da Educação sobre os projectos de lei relativos ao regime de aplicação da Educação Sexual nas escolas.

Sobre este tema penso ser importante “passar os olhos” pelos vídeos de duas conferências de Christopher West, proferidas na Universidade Católica Portuguesa, sobre a doutrina exposta na Encíclica Humanae vitae. Todos os vídeos estão legendados em português.

Parte 1: A Teologia do Corpo: um novo contexto para entender a vida humana
Parte 2: Como viver uma autêntica espiritualidade matrimonial
(Parte 1 e 2, 700MB)

DIA DA TERRA

O dia 22 de Abril, Dia da Terra, chama a atenção dos governantes para os problemas que afectam o nosso planeta, nomeadamente o aquecimento global e a poluição.

O Dia da Terra foi instituído em 1970 pelo Senador norte-americano Gaylord Nelson, que convocou o primeiro protesto a nível nacional contra a poluição. A partir de 1990 a data internacionalizou-se, ao mobilizar muitos milhões de pessoas em 141 países.

NOVOS PROGRAMAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

lpA proposta de programas de Língua Portuguesa para o ensino básico foi homologada pelo Ministério da Educação, após ter estado em consulta pública.

Para mais informações, consultar -Programas de Português do Ensino Básico [PDF]

NOVA LEGISLAÇÃO:

Despacho n.º 9745/2009 – Fixação do número de adjuntos do director para os agrupamentos e as escolas

Despacho n.º 9744/2009 – Definição das reduções da componente lectiva para os cargos de direcção e de coordenação.

PLANO DE ACÇÃO PARA A MATEMÁTICA – 1º ceb

math_kidsO Plano de Acção para a Matemática (PAM) vai ser alargado ao 1.º ciclo do ensino básico no ano lectivo de 2009/2010.

Os  agrupamentos ou as escolas podem candidatar-se ao Plano da Matemática II e ao Novo Programa de Matemática do Ensino Básico ou apenas a um deles. Sempre que se candidatem aos dois editais, os projectos apresentados deverão promover a necessária articulação.

Para mais informações, consultar a página da DGIDC.

Novo Programa de Matemática:

Plano da Matemática II:

  • Edital do Plano da Matemática II (disponível a partir de 1 de Junho de 2009)
  • Aplicação para candidatura ao Plano da Matemática II (disponível a partir de 1 de Junho de 2009)