INÍCIO DO ANO ESCOLAR

school1Amanhã começa mais um novo ano escolar e, por isso, desejo a todos um bom ano lectivo 2009/2010.

  • Calendário escolar para 2009/2010 em formato excel:

AS ESCOLAS E A GRIPE A(H1N1)

A Direcção-Geral de Saúde disponibiliza informações sobre a gripe A (H1N1), sazonal, aviária e ameaça de pandemia no Microsite da Gripe.

Recomendo a consulta do Cartaz  “Gripe A (H1N1) – Dois gestos de protecção“, do “Folheto Informativo“, bem como das informações disponibilizadas pela DGS para as Escolas:

OUTROS DOCUMENTOS que encontrei na net e que considero úteis para consulta:

Didaxis, Escola Cooperativa de Vale São Cosme:

Do Tempo Livre, Guimarães:

Da Escola Profissional de Murça:

Do Agrupamento D’Agrela e Vale do Leça:

Do Agrupamento Vertical de Escolas de Pedome:

Links recomendados:

MAIS SUCESSO

header_01O Ministério da Educação (ME) divulgou hoje a lista das escolas seleccionadas para o projecto Mais Sucesso Escolar.

Depois da divulgação dos resultados das candidaturas, os agrupamentos e as escolas seleccionados assinam contratos-programa com o ME, para quatro anos lectivos, nos quais vêm mencionados os apoios e os recursos concedidos, bem como as metas e as obrigações definidas para cada escola.

O Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) assegura a aferição da evolução das competências adquiridas e dos resultados dos alunos, através da realização de provas de aferição intercalares, enquanto a Inspecção-Geral da Educação (IGE) acompanha a execução do projecto, no âmbito das suas competências.

A COMISSÃO EUROPEIA E A GRIPE A

15294e8a

Eu já estava a estranhar o facto de a UE ainda não ter dado “conselhos” as estados membros sobre este assunto. Parece que está falha está prestes a ser colmatada: é que a UE está muito preocupada com o regresso às aulas.

De facto, tudo o que é organização preocupa-se em dar opiniões sobre esta gripe que, para alguns, até dá jeito tê-la.

Mas, o principal foi o que a ministra Ana Jorge disse há dois dias, no contexto da gripe A (H1N1), ao alertar e apelar ao civismo das pessoas  dando o exemplo de uma mãe que disse que já que contagiaram a sua filha iria contagiar outras crianças.

Será que estas “coisas” não são motivos suficientes para que os pais  não levem os seus filhos para  as aulas? Será  que  há pais que levam os filhos para a escola apesar da febre, da tosse, …? Será mesmo? Huuummmmm…

Cartoon de Rodrigo, «Alerta gripe “mariachi”» [in Expresso]