PLANO DE ACÇÃO PARA A MATEMÁTICA – 1º ceb

math_kidsO Plano de Acção para a Matemática (PAM) vai ser alargado ao 1.º ciclo do ensino básico no ano lectivo de 2009/2010.

Os  agrupamentos ou as escolas podem candidatar-se ao Plano da Matemática II e ao Novo Programa de Matemática do Ensino Básico ou apenas a um deles. Sempre que se candidatem aos dois editais, os projectos apresentados deverão promover a necessária articulação.

Para mais informações, consultar a página da DGIDC.

Novo Programa de Matemática:

Plano da Matemática II:

  • Edital do Plano da Matemática II (disponível a partir de 1 de Junho de 2009)
  • Aplicação para candidatura ao Plano da Matemática II (disponível a partir de 1 de Junho de 2009)
Anúncios

BANCO DE ITENS – Recursos Educativos

O projecto do Banco de itens, lançado em 2006 pelo Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE), que arrancou com questões sobre Matemática, conta já com itens das disciplinas de Língua Portuguesa, no 1.º e 2.º ciclos, Biologia, Biologia e Geologia, Economia, Física, Física e Química, Geografia e Química, do ensino secundário.

Esta iniciativa visa proporcionar aos professores e aos alunos uma ferramenta de apoio ao ensino e à aprendizagem.

Os alunos têm a possibilidade de testar os seus conhecimentos, respondendo aos itens na página electrónica do GAVE.

Aos professores, por sua vez, é disponibilizado o acesso a uma área reservada, onde podem criar pastas personalizadas destinadas a trabalhos de casa ou fichas de avaliação, entre outras funcionalidades.

O professor pode ainda sugerir itens da sua autoria para posterior publicação no Banco de Itens. Todos os itens sugeridos serão analisados pelo GAVE, tendo os mesmos de cumprir as seguintes regras: ser da autoria do professor que o sugere; o autor tem de estar devidamente identificado; o conteúdo do item tem de estar de acordo com os programas em vigor; e o item deve estar devidamente caracterizado, indicando conteúdos e capacidades. O item, se aprovado, será publicado com menção ao autor respectivo.

Para mais informações, consultar a página do Banco de Itens>>

Ensino Básico: 1º Ciclo>>2º Ciclo>>3º Ciclo>>

Ensino Secundário>>

.

Provas de Aferição 2008 – Os alunos do 4º ano registaram melhores resultados que os do 6º ano

MATEMÁTICA

Os alunos do 4º ano tiveram melhores resultados que os do 6º.

  • 8,8% dos alunos obtiveram nota negativa, dos quais 0,4 por cento com nível E (Houve uma melhoria relativamente ao ano de 2007 em que esta percentagem subiu aos 19,7%);
  • 40,9% dos estudantes tiveram “Satisfaz” – C;
  • 34,5% obtiveram “Bom” – B;
  • 15,4% alcançaram “Muito Bom” – A (em 2007, 18,5% dos alunos tiveram a nota mais elevada).

Os alunos do 6º ano tiveram piores resultados:

  • 18,3% dos alunos obteve “Não Satisfaz”, dos quais 1,8 por cento obtiveram a nota mais baixa, alcançando o nível E (melhorou em ralação ao ano anterior em que a percentagem foi de 41%);
  • 48,9% obteve “Satisfaz” – C ( em 2007, esta percentagem foi de 43,3%);
  • 24% tiveram “Bom” (em 2007, a percentagem foi de 12,9;
  • 8,9% alcançaram a classificação de “Muito Bom” (em 2007 foi de 2,7%).

LÍNGUA PORTUGUESA

Conhecimento Explícito da Língua (Gramática)

  • Só 11% dos alunos do 6º ano responderam correctamente às questões. Os do 4º ano obtiveram um percentagem maior – cerca de 50% a mais.

Expressão Escrita

  • 34,7% dos alunos do 6.º ano e 32,6% dos do 4º ano tiveram respostas certas

Leitura

  • As competências relacionadas com a leitura registaram o melhor desempenho: 63% de respostas correctas nos dois anos de escolaridade.

Na globalidade, os alunos do 6.º ano obtiveram 85% de notas positivas e os do 4º ano alcançaram quase 90% de nota positiva.

………………………………………………………………………….

1º CICLO – Para mais informações, consultar os resultados das provas de aferição do 4.º ano [PDF]

2º CICLO – Para mais informações, consultar os resultados das provas de aferição do 6.º ano [PDF]

………………………………………………………………………….

Candidatura aos Programas de Formação em Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Experimentais

As candidaturas para os programas de formação em Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Experimentais, destinados aos professores do 1.º ciclo e aos docentes de Matemática do 2.º ciclo, estão abertas até ao dia 23 de Junho.

Os agrupamentos podem (DEVEM) candidatar-se aos três Programas de Formação, mas os docentes indicados por este não podem inscrever-se em mais do que dois Programas em simultâneo.

Edital da candidatura aos Programas de Formação

Regulamento

Para apresentar a candidatura aos Programas de Formação, clique aqui.

Para mais informações, consultar a página da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular.