CONCURSOS 2009

CONTINENTE

Escolas Prioritárias

ContratadosOfertas de escola

MADEIRA:

AÇORES

ANGOLAListas Definitivas de ordenação e de exclusão

Anúncios

ANGOLA – 33 ANOS DEPOIS

Angola celebra hoje, 11 de Novembro, o 33º aniversário da independência nacional.

Há 33 anos, o primeiro presidente de Angola e líder do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), Agostinho Neto, numa cerimónia realizada em Luanda, a capital do país, no Largo 1º de Maio, proclamava a independência do país.

Hoje, os angolanos constroem um país livre e democrático. Conquistada a paz, Angola está no caminho da reconstrução nacional e do desenvolvimento económico e social, do progressso e do bem-estar.

Amanhã
entoaremos hinos à liberdade
quando comemorarmos
a data da abolição desta escravatura

Nós vamos em busca de luz
os teus filhos Mãe
(todas as mães negras
cujos filhos partiram)
Vão em busca de vida.

Agostinho Neto, de “Adeus à hora da largada“, in Sagrada Esperança

MPLA ganha as eleições em Angola com mais de 2/3 dos votos

Numas eleições que os observadores internacionais classificam de credíveis, com mais de 75% dos votos contados, o MPLA é o grande vencedor das eleições legislativas em Angola.

NOTA: Poderá ler a Declaração Preliminar da Missão de observadores da União Europeia

Com estes resultados, mais do que o MPLA, é o grande povo angolano que ganha pois deu ao mundo (e continuará a dar) um grande exemplo de civismo democrático. O povo, como qualquer outro, quer paz e desenvolvimento, o povo quer trabalho e comida. Angola e os angolanos têm futuro…

Vejo com tristeza que muitos, dizendo-se democratas, têm dificuldade em aceitar estes resultados. Mas a democracia pressupõe aceitação e respeito não apenas por quem perde mas também por quem ganha, numa eleição que, apesar dos naturais percalços de organização, é por todos considerada livre, transparente e credível.

————————————————————-

Resultados gerais provisórios anunciados pela Comissão Nacional Eleitoral de Angola (CNEA), hoje às 19:00:

CNEA)
Resultados nacionais actualizados às 19:00 de hoje, dia 8 (Fonte: CNEA)
  • MPLA – 81,73%
  • UNITA – 10,38%
  • PRS – 3,10%
  • ND – 1,20%
  • FNLA – 1,13%
  • PDP-ANA – 0,51%
  • PLD – 0,33%
  • AD-Coligação – 0,30%
  • PADEPA – 0,26%
  • FPD – 0,26%
  • PAJOCA – 0,24%
  • PRD – 0,21%
  • FOFAC – 0,18%
  • PPE – 0,18%

Resultados em Malange, a minha região do coração (dados de hoje às 12:00):

CNEA)
Resultados de Malange, actualizados às 12:00 de hoje, dia 8 (Fonte: CNEA)

.

5 de Setembro é já depois de amanhã

Como as nossas crianças… nós também podemos e devemos SONHAR…

com a PAZ, o SONHO e O FUTURO JÁ COMEÇARAM…

porque, como Agostinho Neto disse, já podemos ter os olhos secos…

Com os olhos secos

Com os olhos secos
– estrelas de brilho inevitável
através do corpo através do espírito
sobre os corpos inânimes dos mortos
sobre a solidão das vontades inertes
nós voltamos.

Nós estamos regressando, África
e todo o mundo estará presente
no super-batuque festivo
sob as sombras do Maiombe,
no carnaval grandioso
pelo Bailundo, pela Lunda

Com os olhos secos
contra este medo da nossa África
que herdámos dos massacres e mentiras.

Nós voltamos, África
estrelas de brilho irresistível
com a palavra escrita nos olhos secos
– LIBERDADE

do nosso Agostinho Neto

Eleições em Angola – Faltam 2 dias

O Governo angolano decretou tolerância de ponto para hoje, quarta-feira,  por ser o último dia da campanha eleitoral. No dia das eleições, sexta-feira, 5 de Setembro, também há tolerância  de ponto em todo o país  para que todos possam participar exercendo o seu direito de voto.

O Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) escolheu o Bairro do Kikolo, no município de Cacuaco, a cerca de 15 quilómetros de Luanda para a última acção de campanha eleitoral.

Quinta-feira, 4 de Setembro, é o dia reservado ao período de reflexão.

………………………………………………….

  • Programa de governo clicando aqui
  • Manifesto eleitoral clicando aqui

TODOS AO VOTO… TODOS POR ANGOLA…

Eleições em Angola – Faltam 3 dias

.

VOTAR É PARTICIPAR NA CONSTRUÇÃO DE ANGOLA

Londres 2012. Até já…

Para mim, estas são as melhores IMAGENS DO DIA

Fotos 1, 2 e 3 in Sítio Oficial dos Jogos Olímpicos Beijing 2008 – Foto 4 in Sítio Oficial dos Jogos Olímpicos Londres 2012 – Fotos 5 e 6 in Sítio do Comité Olímpico do Reino Unido Fotos 7, 8 e 9 in Mirage.Studio.7 no post London Olympic 2012 – Fotos 10, 11 e 12 in Sítio Oficial dos Jogos Paralímpicos Beijing 2008

————————————

Numa fantástica Cerimónia de Encerramento, o adeus a Pequim, Beijing 2008, e um até já a Londres 2012. Vanessa Fernandes foi a porta-bandeira de Portugal nesta cerimónia. Os próximos serão em 2012 na cidade de Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto (faltam 1.433 dias).

Para mais informações consultar:

————————————

A cerimónia incluiu a entrega de medalhas da maratona masculina. O recorde olímpico da Maratona masculina, 2h:09′:21”, que pertencia a Carlos Lopes desde 1984 nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, foi hoje batido por Samuel Kamau Wansiru, do Quénia, com o tempo de 2h:06′:32”. A medalha de prata foi ganha pelo atleta marroquino Jaouad Gharib ( 2h:07′:16”) e a de bronze por Tsegay Kebebe, da Etiópia, (2h:10′:00”).

  • De Portugal, Paulo Gomes foi 30º a 11′:43” do primeiro (2h:18′:15”) e Helder Ornelas foi 46º, a 16′:48” (2h:23′:20”).
  • José de Sousa, do Brasil, foi 38º a 13′:53” (2h:20′:25”).
  • Nelson Cruz, de Cabo Verde, foi 48º a 17′:15” (2:23:47).
  • Marilson dos Santos, do Brasil, desistiu aos 30 Km.
  • Franck de Almeida, do Brasil, desistiu aos 20 Km.
  • João Nyiamba, de Angola, também desistiu quando já tinha percorrido cerca de 20 Km.
  • Augusto Soares, de Timor-Leste, não iniciou a maratona.

————————————

  • Quadro de medalhas
    Actualizado em 24/08 (13:00 – hora de Lisboa)
    Cl. País O
    P
    B
    Total
    1 China China 51 21 28 100
    2 Estados Unidos Estados Unidos 36 38 36 110
    3 Rússia Rússia 23 21 28 72
    4 Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Grã-Bretanha 19 13 15 47
    5 Alemanha Alemanha 16 10 15 41
    6 Austrália Austrália 14 15 17 46
    7 Coréia do Sul Coreia do Sul 13 10 8 31
    8 Japão Japão 9 6 10 25
    9 Itália Itália 8 10 10 28
    10 France França 7 16 17 40
    23 Brasil Brasil 3 4 8 15
    46 Portugal Portugal 1 1 0 2
    81 VenezuelaVenezuela 0 0 1 1

Nos Jogos Olímpicos Beijing 2008, 87 países conquistaram 958 medalhas – 302 de ouro, 303 de prata e 353 de bronze.

Entretanto, é a hora de dar o lugar aos 13º Paralímpicos, Beinjing 2008, de 6 a 17 de Setembro. Portugal vai estar representado em 7 modalidades (atletismo, boccia, ciclismo, equitação, natação, vela e remo) com 45 atletas.

Para os acompanhar e para obter mais informações poderá consultar o sítio oficial dos Jogos Paralímpicos Beijing 2008>>

A organização dos Jogos está atribuída ao BOCOG (Beijing Organizing Committee Olympic Games) e é supervisionada pelo IPC (International Paralympic Committee).

Os Paralímpicos tiveram início em 1960 em Roma. A primeira participação portuguesa verificou-se na quarta edição, em 1972, em Heidelberg, na Alemanha, com a presença de uma equipa de basquetebol em cadeira de rodas. Foi retomada a participação em 1984, nos jogos de Nova Iorque, onde Portugal conquistou 14 medalhas com uma delegação de 15 atletas. Na última edição, Atenas 2004, Portugal participou com 42 atletas, nas modalidades de atletismo, boccia, natação, equitação e ciclismo e conquistou 12 medalhas: 2 de ouro, 5 de prata e 5 de bronze.

Dia 23, o 15º dia dos jogos…

Para mim, esta é a melhor FOTO DO DIA….

A equipa feminina russa conquistou a medalha de ouro na Natação Sincronizada
A equipa feminina russa conquistou a medalha de ouro na Natação Sincronizada

(Fonte: sítio oficial dos jogos olímpicos – Foto Xinhua)>>

Agora, só amanhã, dia 24, os atletas portugueses entrarão em acção. Será às 00:30 (hora de Lisboa) que Paulo Gomes e Hélder Ornelas participarão na Maratona.

————————————

  • Quadro de medalhas
    Actualizado em 23/08 (15:45 – hora de Lisboa)
    Cl. País O
    P
    B
    Total
    1 China China 49 19 28 96
    2 Estados Unidos Estados Unidos 34 37 36 107
    3 Rússia Rússia 21 21 27 69
    4 Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Grã-Bretanha 19 13 15 47
    5 Alemanha Alemanha 16 10 15 41
    6 Austrália Austrália 14 15 17 46
    7 Coréia do Sul Coreia do Sul 13 10 8 31
    8 Japão Japão 9 6 10 25
    9 Itália Itália 7 10 10 27
    10 Ucrânia Ucrânia 7 5 15 27
    22 Brasil Brasil 3 3 8 14
    45 Portugal Portugal 1 1 0 2
    79 VenezuelaVenezuela 0 0 1 1

Até ao momento, 86 países já conquistaram 928 medalhas – 290 de ouro, 291 de prata e 347 de bronze.