Lucro excessivo na energia tira “3500 milhões à economia e às famílias até 2020”

No discurso que não chegou a ler, Henrique Gomes alerta para o disparo de mais de 10% da factura da luz em 2013. (…)

Até aqui a privatização da EDP aos chineses da Three Gorges, a resistência da EDP e a complexidade dos contratos tem feito derrapar o prazo de cumprimento das medidas..

Fonte: ionline

Ainda há quem tenha dúvidas? …

Anúncios

ERSE quer rever as tarifas de 3 em 3 meses

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) propõe a revisão do regulamento tarifário no sentido de se proceder à revisão trimestral das tarifas de vendas a clientes finais”.

Propõe também a divisão dos valores incobráveis por todos os consumidores pagantes.

Estas propostas estão em fase de consulta pública que termina a 7 de Julho.

A partir de 19 de Julho e até ao final desse mês, a entidade vai incorporar no documento as contribuições recebidas na consulta pública e tomará decisões.

A ERSE parece querer regular a favor da EDP contra os consumidores. Todos nós sabemos que os preços têm de reflectir os custos de produção… mas o que nós também sabemos é que os cidadãos já atingiram o seu limite de sacrifício. As famílias já esgotaram (ultrapassaram até) a sua capacidade de suportar os custos da crise económica. Que os responsáveis deste país tenham esta FACTO em consideração… porque se não o fizerem poderemos “assistir” a graves confrontos sociais.

O cúmulo da pouca vergonha e da desfaçatez é propor que todos nós paguemos as ausências de pagamentos dos consumidores não pagantes. Isto é inacreditável…

O que parece muito ESQUISITO é saber que a associação de defesa do consumidor (DECO) considera positiva esta proposta.

Qualquer cidadão pode deixar a sua opinião no site www.erse.pt

Imagem via http://wwwbragablog.blogspot.com/
.